Buscar
  • Mateus Costa Provinciano

SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE O CRESCIMENTO DO SKATE, O ESPORTE QUE AGORA FAZ PARTE DOS JOGOS OLÍMPICOS

O Skate é um dos esportes mais praticados no mundo. Aqui em nosso país, segundo pesquisa do Datafolha feita em 2015, o esporte tem 8,5 milhões de praticantes no Brasil.


No ano de 2009 eram 4 milhões de skatistas no país, número que em 2015 foi dobrado. Além disso, o número de mulheres que andam de Skate também subiu. Atualmente 1,5 milhão de garotas praticam o esporte.


Esse crescimento não está estampado apenas em números. Hoje existem vários grandes campeonatos no mundo. Street League, DAMN e Tampa são os maiores e mais conhecidos.



Recentemente, no ano de 2016 o Skate foi reconhecido como esporte olímpico, e nos próximos jogos, o Brasil terá representantes das 4 rodas nas pistas de Tóquio.


O Brasil tem uma seleção de skate que é organizada pela CBSk, Confederação Brasileira de Skate. O time do Brasil é composto por 22 atletas, mas não são todos que se classificam para os jogos olímpicos.


Confira a seleção:


• Park feminino - Dora Varella, Isadora Pacheco, Yndiara Asp, Victoria Bassi e Letícia Gonçalves;


• Park masculino - Luizinho Francisco, Pedro Barros, Pedro Quintas, Mateus Hiroshi, Murilo Peres e Hericles Fagundes;


• Street feminino - Pamela Rosa, Rayssa Leal, Letícia Bufoni, Gabriela Mazetto, Virgínia Fortes Águas e Isabelly Ávila;


• Street masculino - Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna, Carlos Ribeiro e Felipe Gustavo.


Somente os melhores classificados em cada categoria poderão ir para Tóquio representar o país. O Brasil pode levar 3 atletas de cada categoria, ao todo 12 skatistas.


Assim como no Surf, no Skate também é necessário ter muita força nas pernas e a Fisioterapia é muito importante, e pode garantir isso para você. Com ela você pode se prevenir de diversas lesões e o trabalho feito pelo Recovery vai te garantir dias melhores após longas provas.



As principais lesões para quem anda de Skate são as entorses, distensões, luxações e fraturas. E com um acompanhamento feito por um profissional de Fisioterapia, isso pode diminuir.


Lembre-se fique ligado nas Olimpíadas de Tóquio aqui no site da Focus Fisioterapia Esportiva & Pilates!

8 visualizações