Buscar
  • Mateus Costa Provinciano

SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE O SURF, O MAIS NOVO ESPORTE OLÍMPICO




Nesta Olimpíada de 2020 em Tóquio no Japão, teremos algumas novidades em relação aos novos esportes que são considerados olímpicos.


Para esta edição dos jogos, o Surfe passa a ser uma das modalidades disputadas pelos atletas. Algo que os surfistas queriam a muito tempo atrás.


Nos últimos 10 anos o Brasil se destacou no esporte. A famosa Brazilian Storm, ou Onda Brasileira, trouxe a tona grandes surfistas brasileiros que ganharam o mundo através do esporte.


Antes de 2014 nenhum brasileiro tinha vencido a Liga Mundial de Surfe, a WSL. Agora, em 2020, nós já temos 4 títulos conquistados em 6 anos. Gabriel Medina tem dois títulos, enquanto Ítalo Ferreira e Adriano Mineirinho um título cada.


Para as Olimpíadas de Tóquio, foram disponibilizadas duas vagas para o Brasil, e os dois atletas precisam ser necessariamente homens. Gabriel Medina e Ítalo Ferreira conseguiram as vagas através de do Circuito Mundial de Surfe, disputado em Pipeline, no Havaí.


Nas olimpíadas, os atletas irão disputar a medalha de ouro em uma cidade vizinha a Tóquio. Chiba foi escolhida para sediar a etapa de Surfe. A cidade fica a 40 quilômetros de Tóquio e lá já foi disputada a divisão de acesso a WSL, em 2016. A praia que irá receber a etapa se chama Shida Point.


Para praticar o Surfe é necessário ter uma boa preparação física. A prática da atividade é indispensável para que um atleta possa evoluir no mar. Confira no que o preparo físico pode te ajudar:


• Evitar lesões;

• Estar menos cansado durante e depois de surfar;

• Preparar a musculatura para ter mais desempenho nas ondas;

• Melhorar a consciência corporal e o gesto técnico;

• Melhorar sua qualidade de vida.


É muito importante também fazer musculação, principalmente nos braços, isso porque no Surfe o atleta fica 90% do tempo remando para pegar uma boa onda.


Vale ressaltar também que na hora da arrebentação da onda é preciso que o atleta tenha força e resistência nas pernas.


A Fisioterapia é muito importante para os surfistas. Com ela você pode se prevenir de diversas lesões. O trabalho feito pelo Recovery vai te garantir dias melhores após longas provas.


Lembre-se, surfista também se lesiona. As principais lesões para quem pratica o esporte são as entorses, distensões, luxações e fraturas. E com um acompanhamento feito por um profissional de Fisioterapia, isso pode diminuir.


Fique ligado nas Olimpíadas de Tóquio aqui no site da Focus Fisioterapia Esportiva & Pilates!

14 visualizações